quarta-feira, junho 03, 2009

DEPOIS DA QUEDA, O COICE

No rastro de uma tragédia, sempre surgem os oportunistas.

Tem gente achando que o Voo Air France 447 tem um que do Voo Oceanic Airlines 815: Numerologistas dizem que foram várias combinações de números que derrubaram o avião. Ninguém avisa antes, só depois da merda ocorrida. Assim, até eu prevejo futuro.

Várias pessoas foram salvas por insights divinatórios, por meio de sonhos ou mensagens diretas de Deus. Esses poucos escolhidos, sejam lá quais forem seus destinos (futuros presidentes? salvadores do mundo? líderes da humanidade na guerra vindoura contra as máquinas?), são usados como exemplos pela Imprensa Amarela de uma suposta conexão mística. Mas o será que Deus tem com essas pessoas e tinha contra os outros 228 passageiros (incluindo crianças) que morreram na tragédia? E as milhares de pessoas que sonham ou são avisadas antes de um voo que vão morrer e nada acontece, exceto o fato de que perderm a viagem? Isso não vende jornal então é irrelevante.

Imagino o drama das famílias das vítimas, que são obrigadas a ouvir e ler esse tipo de besteira.

2 comentários:

wilsinei disse...

Realmente sempre aparece este tipo de especulação nos grandes acidentes aéreos,ou em outras terríveis tragédias humanas. Mas no final de tudo isso fica a sensação de algo que foge do controle humano, acidentes que pulverizam nossas capacidades. No caso do Vôo 447 faltam explicações , faltam corpos, faltam caixas pretas. O que existe apenas é a evidência que o homem e sua tecnologia ainda é menor diante da natureza, da vida e do seu destino.

Maxoel Barros Costa disse...

Resumindo, Merda acontece.